Autor: José Martins de Godoy

A Mochila e o 5S – Nova Edição

É providencial o lançamento de uma nova edição do livro “A MOCHILA E O 5S”. Nunca foi tão necessário, nos nossos dias, praticar os ensinamentos prescritos neste sistema. É um reforço ao exercício da cidadania. Seria desejável que os conceitos fossem difundidos intensamente, principalmente na Educação, formando as novas gerações. O livro está a venda na Editora...

Leia mais

UM NOVO TEMPO

Tenho as melhores expectativas em relação ao novo governo. Reconheço que as dificuldades são enormes, principalmente o desequilíbrio das contas públicas. Como chegamos a uma situação de extrema gravidade com déficit na área federal e dívida crescente, com muitos estados e maioria dos municípios literalmente falidos, a reforma da previdência deverá ser aprovada, uma vez que é a principal sangria do erário. Serão entraves: o Congresso, pois há muitos eleitos vinculados ao esquema anterior e antigos devotos da prática do toma lá, dá cá; Movimentos ditos sociais e segmentos corporativos que lutarão para manter o status quo e privilégios. Estes entraves terão que ser superados. É claro que a redução de gastos que será conseguida com a reforma, com o enxugamento da máquina pública e do desaparelhamento do Estado, além da eliminação de gastos supérfluos, não será suficiente para sanear as finanças do País. É preciso buscar crescimento econômico expressivo para recuperar emprego e renda. Empregos acarretam geração de tributos, assim como a renda, pela possibilidade do aumento do consumo. Tem-se, então, o efeito virtuoso da elevação da arrecadação, com consequente benefício para todas as esferas federal, estadual e municipal. Como não temos poupança interna significativa para investir no crescimento, dependemos de recursos externos para incrementar atividades industriais e de serviços, e até mesmo da agroindústria. São também extremamente importantes para viabilizar as privatizações e concessões. Isto será conseguido...

Leia mais

LIVRO: IFI-ÍNDICE DE FORMAÇÃO INTEGRAL

Foi lançado recentemente o livro IFI-Índice de Formação Integral para a Escola Particular, de autoria da Profa. Maria Helena P.C. de Godoy. Com a ajuda deste livro-texto realiza-se um diagnóstico nas escolas particulares, tendo como foco o alcance da formação integral. Como se trata de um indicador sistêmico, pode-se verificar a eficácia não só da construção do aspecto cognitivo, como também das dimensões socioeconômicas, administrativa e financeira. O livro é encontrado na Livraria Leitura, lojas o BH Shopping e Pátio Savassi. E também na Livraria Cultura, em São Paulo. Pode também ser solicitado à LIBRETTERIA Editora, (31) 3324.3994 / (31) 99291.9998...

Leia mais

LIÇÕES DAS ÁGUIAS

Rodrigo Godoy, Presidente Executivo do Instituto Aquila, tem uma formação interessante: bacharel em Comunicação, fez muitas disciplinas de Administração, tem um MBA em Finanças (IBMEC) e outro MBA em Gestão Esportiva (Universidade de Liverpool, Inglaterra). Utilizando os conhecimentos de comunicação, foi inspirado e propôs o nome Aquila para o Instituto( na verdade, ele pensou Instituto Águia,mas  Henrique Massa sugeriu o nome em latim: Aquila. Foi aportuguesado, pois a pronúncia em latim Aqüila).  Depois de algumas criações, aprovou uma logomarca considerada muito significativa. A marca pegou para valer. Em pouco tempo, adquiriu muita visibilidade. Na verdade, ajudou no processo a história das águias. Quando atingem cerca de 40 anos, recolhem-se, arrancam as penas velhas, o bico e as garras. Renovam-se e partem para nova vida de outros 40 anos. Evidentemente, ISAIAS 40, foi  inspirador: “30Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; 31Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão”. Por analogia (forçando um pouco), pode-se aprender muito com as águias. Vejam vídeo abaixo capturado na internet:   http://www.blogdogodoy.com/wp-content/uploads/2018/03/7-Lições-das-Águias-alta-otimizado.mp4...

Leia mais

SILAGEM DE MILHO- MÁQUINA DE ENSACAR

A Fazenda São José está produzindo cerca de 10 mil toneladas/ano de silagem de milho para seu próprio consumo e também para criadores de gado e de cavalos, durante o período de seca em que há escassez da pastagens. Para pequenos consumidores, era necessário acondicionar a silagem em sacos de aproximadamente 30 kg. Essa operação de forma manual é bastante demorada. Para agilizar o processo era necessário uma máquina que produzisse cerca da 1000 sacos por dia. Não existia tal máquina no mercado. Encontramos uma empresa em Pedro Leopoldo, MG, que topou o desafio de construir uma máquina para a operação requerida. Com muito zelo, persistência, obstinação, a  MALVANE consegui produzir a máquina que é mostrada em operação. Custou caro e levará muito tempo para ser amortizada. Mas valeu a pena. Afinal, é preciso investir, movimentar a indústria, criar empregos. Se ficamos na defensiva, nada acontece. É um tédio fatal.  ...

Leia mais