Autor: Godoy

UM PROJETO QUE FAZ SENTIDO

Eu sempre pensei que uma pessoa, ao se candidatar, tinha em mente um projeto bem concebido para o País. Como há  muitos partidos, com ideologias nem sempre bem definidas e viáveis, não partiria deles as diretrizes. Partiria da própria pessoa  ou de inteligências privilegiadas que dariam suporte ao postulante ao cargo. Triste engano. Na maioria dos casos, os eleitos agiram ao sabor das emoções. Exceção feita a JK que explicitou o seu plano de metas.  FHC teve o mérito de domar a inflação. Lula da Silva surfou no crescimento chinês, dele não se aproveitando para realizar algo digno de nota. Dilma Rousseff não apresentou qualquer projeto que pudesse ser classificado como resultante de um pensamento estruturado. Aliás, os governos petistas conduziram alguns projetos circunstanciais para dar vazão a seus anseios políticos. Salienta-se a iniciativa de trazer os pobres ao consumo, mas no final, por falta de consistência dos projetos, estes retornaram ao patamar inicial. Bem-sucedida, nos últimos 22 anos, foi a escalada gramscista, com o aval de governantes e participação de militantes .  Os poderes , as universidades e as escolas  públicas foram  aparelhados. Nessa onda, a mídia, sociedades civis, até a igreja católica estão infiltrados. Ora, num regime comunista, são as cabeças dos religiosos as primeiras a rolar. Agora,  há um projeto consistente, idealizado por  Paulo Guedes: contempla o equilíbrio fiscal, a diminuição do tamanho do Estado e o crescimento econômico. De saída, a aprovação da reforma...

Leia mais

É PRECISO FOCO

  Não seria fácil, mas não pensei que seria tão difícil  começar a governar. Se houvesse um Partido majoritário forte , com orientações bem definidas, como nos USA e Reino Unido,  seria mais fácil chegar a um consenso e entrosar a equipe. Dificultando as coisas, o governo parece ainda estar no palanque, enfatizando principalmente  condutas e costumes desregrados de parte da sociedade. É claro que comportamentos aceitáveis têm que ser buscados, com sabedoria, sem despertar a fúria das pessoas ditas progressistas, já que os fatos têm dupla interpretação, conforme seja aseitadestas pessoas. Por outro lado, a oposição  aproveita-se de qualquer manifestação para emitir levianos pareceres, torcendo pelo fracasso. E a mídia, aparelhada, decadente e falida, sem a publicidade governamental, tudo repercute de forma negativa: é uma estratégia manjada de forçar o retorno das verbas publicitárias. Por ora, seria sábio evitar polêmicas e não dispersar energia. Bons projetos existem, mas é preciso priorizá-los e focar, para valer, na sua execução. Se houvesse o mínimo de conhecimento  de gestão, os dirigentes estariam todos dedicados a resolver problemas. Como se sabe, um problema é um resultado indesejável. O Brasil é um problemagigantesco, pois os seus resultados são péssimos.  Felizmente, o Princípio de Pareto estabelece que em problema as causas fundamentais são poucas e muitas triviais (Vital few and trivial many).  Ora, sabemos que o ajuste fiscal e a segurança pública são causas que impactam pesadamente no desempenho do País. O ataque...

Leia mais

O DESAFIO AMBIENTAL

“O Estado sobrepõe dezenas de estruturas de fiscalização, inibe quem quer produzir, mas não conseguiu coibir a tragédia de Brumadinho”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro.  Quando eu tinha 6 anos, mudei-me com a minha família  para Pedra Corrida, MG.  A estrada de terra de 8km, da estação ferroviária até onde iríamos morar, era ladeada por densa floresta. No final da estrada, numa clareira de 3 campos de futebol, encontravam-se as casas dos extrativistas. Registre-se também que todo o Vale do Rio Doce era coberto por majestosa mata virgem, tricentenária. Essa floresta foi totalmente dizimada para abastecer  serrarias, a Vale ( com dormentes para ferrovia e lenha para as locomotivas), a Belgo Mineira e a Acesita (na produção de carvão vegetal para os altos-fornos). Hoje, um crime! Há 10 anos adquirimos uma fazenda bastante devastada na região. Estamos cuidando da propriedade, reflorestando, recuperando nascentes e áreas com erosões, cercamos e estamos plantando mais mudas nas APPs ( Áreas de Proteção Permanente), definimos a área de RL ( Reserva Legal), entre outros.  Como se trata de área considerável, não é possível fazer todas as intervenções rapidamente, como gostaríamos, por falta de recursos. Na fazenda, cria-se gado e planta-se milho para silagem, sendo uma propriedade produtiva e bem cuidada. Todavia, pela crise econômica, várias fazendas nas redondezas estão quase abandonadas, com grandes erosões, possivelmente sem RL e APPs definidas, penso eu. Por suposto, não devem receber a...

Leia mais

CAMINANTE, de Antonio Machado

Estava com saudade destes versos: repito Caminante, son tus huellas el camino y nada más; Caminante, no hay camino, se hace camino al andar. Al andar se hace el camino, y al volver la vista atrás se ve la senda que nunca se ha de volver a pisar. Caminante no hay camino sino estelas en la mar.     Ouça no YouTube a canção Caminante no hay Camino, por Juan Manuel Serrat...

Leia mais

O ESTIGMA HUMANO

Não morrerão se comerem do fruto proibido, disse o Diabo, o Sedutor, camuflado de serpente. Pelo contrário, serão iguais a Deus. A soberba subiu à cabeça dos nossos pais e desobedeceram. Por isso, carregamos esse defeito moral como traço humano. É claro que Deus poderia ter passado um borracha naquela traição e os mantido no paraíso terrestre. Porém, pensou numa solução arrebatadora, pois ama de verdade as suas criaturas, ou seja, possibilitar-nos o paraíso celeste onde viveríamos em Sua companhia. Assim, desde os tempos remotos vinha prometendo o envio do messias para nos resgatar. Deus, Espírito perfeitíssimo, não sofre, não tem fome, não dorme. Como, então, avaliar o nosso vale de lagrimas? A solução foi enviar o seu filho, com alma divina e corpo humano, capaz de viver a nossa realidade, em tudo, exceto o pecado. Pregou o amor e a solidareidade como requisitos para merecermos a graça da salvação. Foi vítima da inveja dos poderosos e martirizado. No seu sofrimento, assumiu todas as nossas culpas e nos resgatou. Pela obediência de um só, destruiu-se o velho Adão, apagando a nossa culpa. Desde sempre, a humanidade vem pisando na bola, mas analisemos o nosso tempo. Um País dito cristão passa a ignorar os divinos ensinamentos, prova da persistência do estigma adâmico, e o materialismo cresce. Nos últimos 20 anos, implantou-se um dos períodos mais sombrios da nossa história. Sob...

Leia mais